Atleta:

Lucas Henrique Santana Rodrigues

Um do s grandes atletas em nossa equipe é esse garoto, nascido com uma má formação congênita no ano de 1998, Porém para esse menino o limite é o céu. Tão novo e já com várias conquistas importantes e recordes, esse garoto tem todo o mundo para conquistar!!!

Roscoe S. Lafferty
Client

Lucas nasceu com uma má formação congênita chamada Mielomeningocele no dia 02 de dezembro de 1998 na cidade do interior Paulista, Presidente Prudente.

Desde muito novo Lucas sempre mostrava sua energia na escola e em casa, seja engatinhando, andando de skate ou fazendo parada de mão.

Foi ai que sua professora Iara Anaí por ver sua energia tentou inseri-lo em diversos esportes como; Basquete, Atletismo, Vôlei Sentado e entre outros.

Porém ele não havia se identificado com nenhum esporte apresentado a ele.

Em 2016 teve a iniciativa de pedir a sua mãe que o colocasse nas aulas de natação, e através da indicação do vereador Douglas Kato conseguiu iniciar suas aulas com a técnica Micheline Cardoso, que era apaixonada pela Natação Paralímpica mas não trabalhava nessa área e estava com a turma de natação convencional no momento, Lucas foi seu primeiro atleta com deficiência do projeto que estava criando.

Com poucos meses de natação Lucas demonstrava talento e ja havia aprendido os 3 estilos da natação; Peito, Crawl e Costas, sendo o Borboleta o seu ultimo e mais demorado estilo aprendido por conta de limitações que logo foram adaptadas.

No mesmo ano foi convidado pela sua técnica a participar de sua primeira competição, mas como no início tinha medo e não pensava em competir, pensou em desistir quando chegasse perto da data da competição,

Porém enfrentou seus medos e garantiu 3 medalhas de ouro em sua primeira competição, Logo depois pegou gosto e não parou mais.

Em 2019 sua primeira competição Nacional foi um momento de medo e desespero, pois havia lesionado seu braço esquerdo dias antes, e teria que enfrentar suas provas com dor e frustração por não poder dar cem por cento de sua capacidade, mas mesmo com o braço lesionado garantiu 3 medalhas e o título de campeão nacional nos 200 Medley de sua classe (S5), hoje Lucas detém o Recorde Brasileiro nos 200 Metros Livre..

Confira mais Atletas: